Oi. Estamos aqui para te ajudar. Você pode começar fazendo uma busca (ou olhando nossas postagens mais recentes logo abaixo).

Quem faz

Arquivo do blog



"Por onde eu começo?" Essa é uma pergunta que um monte de jovens trabalhadores estão se fazendo agora. A nova temporada da igreja está prestes a começar (ou já começou) e isso significa que é hora de começar a trabalhar. Muitos líderes são veteranos que já foram jovens um dia, mas há também muitos trabalhadores jovens que estão começando alguma coisa nova. Então, por onde começar se você recebeu um cargo de liderança no ministério de jovens? Aqui vai o meu conselho.

1. Comece com oração

Pode parecer o maior clichê de sempre e você pode até mesmo ser tentado a pular este ponto. Mas é uma verdade que eu não posso ignorar. Você precisa começar com uma oração. Antes de fazer qualquer coisa, antes de convocar qualquer reunião, planejar um retiro ou pensar em temas para as reuniões, você precisa orar. Se o seu trabalho como líder não nascer da oração, ele será em vão. Aqui estão alguns motivos de oração:

  • Obtenha uma lista com todos os jovens e adolescentes desse futuro ministério e ore por cada um deles.
  • Ore para que você os enxergue como Deus os vê (e não como você vê) e que Ele encha seu coração de amor por eles.
  • Ore por todos os seus líderes e voluntários que te ajudarão nessa caminhada. Ore para que Deus dê sabedoria a eles e dedique-se a amar esse novo ministério. Ore por suas famílias.
  • Ore pelo seu pastor e pela liderança da sua igreja. Peça a Deus para te dar um coração de servo que esteja disposto a servir aos seus líderes e membros.
  • Peça a Deus para lhe dar uma visão sobre o que o ministério da juventude precisa, onde ele se encontra e quais são seus maiores problemas. Ore para que seus ouvidos e seu coração estejam abertos a todos os sinais.
  • Ore por você mesmo, para que Deus te capacite. Ore por força, sabedoria e humildade para liderar e servir bem.

2. Comece se questionando

Se você nunca trabalhou com a juventude antes, comece fazendo um monte de perguntas pra si mesmo e depois pergunte para as pessoas de sua igreja. Fale com todos os voluntários, líderes ou tomadores de decisão. Pergunte ao pastor ou aos mais velhos se há problemas conhecidos em seu grupo. Escute as respostas.

Os pais se queixaram? Marque uma reunião com eles e ouça suas preocupações. Nos primeiros três meses de seu trabalho, você deve se concentrar em identificar as questões-chave. A boa notícia é que você pode ir longe fazendo “perguntas idiotas" nesses primeiros dois ou três meses. Depois disso, eles esperam que você tenha as respostas. Então, reserve um tempo para ouvir a opinião de todos. E é importante que você possa realmente ter uma mente aberta sobre todas as questões e repostas que te fornecerem e não tirar conclusões precipitadas. Aproveite o tempo para reunir essas informações e, em seguida, analisá-las. Elas vão ser fundamentais mais tarde.

3. Comece com “vitórias rápidas”

Se você quiser causar uma boa impressão desde o início, ganhando o crédito que você precisará, mais tarde, quando algumas decisões difíceis precisarem ser tomadas, procure algumas “vitórias rápidas”.

Essas questões podem ser um absurdo, mas são facilmente resolvidas. Quando comecei como líder de jovens na minha última igreja havia algum conflito sobre os pequenos grupos (células) de adolescentes. Uma garota queria mudar de grupo, porque todos os seus amigos estavam em outro grupo, mas ela não tinha permissão para participar daquele outro grupo. Uma das minhas primeiras decisões foi permitir que ela mudasse de grupo. Eu não fiz isso só porque eu iria “ganhar pontos” com ela e com a juventude, mas porque eu queria comunicar que as pessoas são mais importantes pra mim do que as regras.

Que vitórias rápidas você pode identificar? Talvez seja a sala de juventude que tem sido uma bagunça e precisa ser limpa. Talvez seja um evento que tinha sido cancelado, mas todos gostavam dele e o querem de volta. Talvez as pessoas estejam reclamando que eles nunca sabem o que está acontecendo no ministério da juventude e tudo que você precisa fazer é iniciar um boletim mensal, uma conta no Instagram ou uma página no Facebook. Procure algo que você pode corrigir facilmente para “ganhar alguns pontos”.

4. Comece com um plano

Eu sei que é fácil se concentrar exclusivamente no lado operacional do ministério com jovens ou adolescentes. Há eventos a serem planejados, serviços a serem organizados, pequenos grupos a serem liderados. Mas se você focar em todas essas tarefas operacionais, sem nunca se dedicar para fazer um planejamento, você vai acabar indo a lugar nenhum. Eu vou entrar em mais detalhes sobre como fazer um plano estratégico para o seu ministério de jovens em um post em breve, mas aqui estão algumas sugestões para começar:

  • Será que o seu ministério de jovens tem uma missão? Se assim for, os líderes e voluntários sabem disso? Será que isso funciona? Se não, esta será a sua primeira prioridade.
  • Existe algum tipo de plano estratégico para os próximos cinco anos (aproximadamente)? Existe uma visão para o futuro? Existem princípios a serem seguidos pelos membros?
  • Existe um plano de ensino? Como são escolhidos os assuntos e temas para grupos pequenos, serviços de jovens e retiros?

5. Comece com a comunicação

“Rádio-silêncio” (ninguém sabe de nada) é mortal para o ministério da juventude. As pessoas precisam saber que existe alguém que esteja levando a coisa pra frente assim. E isso só vai acontecer assim que o líder comece a comunicar a todos os que têm interesse no ministério: jovens, adolescentes, pais, líderes, voluntários, membros da diretoria ou anciãos, pastores, etc. Se você é novo na a igreja, apresente-se em uma carta a todos os voluntários, membro e pais.

Peça para ser apresentado em um culto de domingo, se possível, para que as pessoas te conheçam (e vejam seu rosto!). Crie uma conta de e-mail exclusiva para trabalhos relacionados à esse ministério. Comunique o que você vai fazer nas primeiras semanas. Comunique o que você está fazendo pra que eles saibam quem é você e quais seus objetivos. E não se esqueça que uma grande parte da comunicação nos primeiros meses é um teste de gestão de expectativas.

E você, quais outros conselhos daria para os jovens trabalhadores que estão surgindo?

*******************

Texto escrito por Rachel Blom [Youth Leaders Academy] e traduzido e adaptado por Lucas Dantas. Rachel é envolvida no ministério de jovens de diferentes países desde 1999 e criou o blog Youth Leaders Academy para ajudar outros jovens líderes a crescerem. Lucas Dantas é líder da Uniadol (União de Adolescentes da Segunda Igreja Batista na Capital), em Salvador/BA desde janeiro de 2013.


Os manos da JesusCopy manjam em fazer conteúdo bacana e de qualidade, que consegue falar para múltiplos públicos, principalmente os jovens. Em seu canal no YouTube, o movimento já possui mais de 3 mil inscritos e vídeos que podem ultrapassar milhares de views. Achocolatado e suco de laranja é um dos três vídeos mais assistidos do canal e já passou de 24 mil visualizações.

É um conteúdo muito enriquecedor e que já foi utilizada por muitos ministérios, como a Onda Dura, ministério de jovens da Comunidade Cristã Siloé (Joinville, SC). Você pode baixar e reproduzi-lo em seu pequeno grupo, sempre mantendo os créditos à JesusCopy e utilizando sem fins comerciais. Para fazer o download do vídeo, sugerimos usar o programa Freemake, que baixa o vídeo em alta definição. Após instalado o Freemake, basta seguir este passo-a-passo:
  1. Copie essa URL: www.youtube.com/watch?v=ecrCo7727v0
  2. Abra o Freemake e selecione as seguintes configurações: "Escolha melhor qualidade" e "em seguida converter para AVI"
  3. Clique no botão "Colar URL"


Ultimamente muitas igrejas têm usado de um recurso (aparentemente) simples e que pode ser tiro-e-queda para dar um "up" na decoração de qualquer igreja. A Radiant Church, localizada na cidade de Surprise, no estado de Arizona (Estados Unidos), criou um projeto para a série Letters - cartas, em inglês.

Eles queriam algo bem simples, porém com um ambiente 3D para dar "vida" às letras, cuja fonte foi inspirada basicamente na Courier New. Para isso, eles usaram folhas de espuma de poliestireno e placas de PVC, tinta acrílica off-white (para aplicar sobre a letra) e lâmpadas em LED. Para que as lâmpadas focassem apenas na palavra letters, eles usaram monitores e barras de LED para que a palavra fosse separada do fundo. Para essa produção, o custo foi de aproximadamente R$ 1.500,00.



Fotos: CSDI


Um fato: nós, brasileiros, não temos a cultura de decorar igrejas, tampouco introduzir conceitos artísticos em alguns ambientes - nem que sejam os mais informais possíveis. Nos Estados Unidos e em países europeus, onde as ideias de decoração estão mais enraizadas - provavelmente devido a uma maior renda, que pode ser comprovada estatisticamente - muitas igrejas já dispõem de salas de grupos de jovens e adolescentes que permaneçam aberto o dia todo para as mais diversas atividades - desde aconselhamento pastoral, até leitura da Bíblia, reuniões informais, diversão (baralho, xadrez, etc.), ensaios musicais, etc.

Oasis, o grupo de jovens da  First Baptist Church of Van Horn (Primeira Igreja Batista de Van Horn), localizada no estado americano do Texas, transformou um velho porão em um espaço interativo. O espaço é o mais informal possível, com sofás, mesas, pouca iluminação, microondas, etc. Apesar da falta de alguns detalhes e elementos mais criativos, a proposta soa bastante interessante: a de reaproveitar espaços de um imóvel para que jovens possam compartilhar vida e viver o amor de Deus. Confira o resultado:



Fotos: Behance


Dia a Dia com Deus é uma ampla campanha promovida pela Primeira Igreja Batista de Curitiba (PIB Curitiba) há alguns anos. Tudo começou com uma série de gravações das mensagens pregadas pelo Pr. Paschoal Piragine Jr.  e que mais tarde foi parar em rádios e canais de TV espalhados pela região Sul do país.

São várias as campanhas que já foram feitas. A última a ser realizada foi a 40 Dias Vivendo para Jesus e ela está disponível gratuitamente para você aplicá-la em seu pequeno grupo/célula! Você também pode adquirir a devocional completa na loja virtual das Publicações RBC aqui, por R$15. Recomendamos!

Tamanho do arquivo: 3,00 MB



Já se foi o tempo em que fazer uma arte, um banner, um panfleto ou o slide de uma música para igreja tinha que ser nas fontes tradicionais, como Arial, Times New Roman, Verdana ou Comic Sans. Em pleno 2013, o número de fontes criadas já são incontáveis e semanalmente centenas de milhares de novas fontes são lançadas.

Sendo assim, fica sem graça e sem criatividade usar uma fonte "batida", onde todo mundo já viu e já conhece. Se você usar essas fontes que todo mundo já conhece, seu projeto criará, assim, um conceito de baixo impacto e facilmente descartável.

Para te dar uma mãozinha, fizemos um pacote com 10 fontes totalmente gratuitas pra você usar em qualquer projeto pra sua igreja, ministério, grupo, célula, etc. Pode ter certeza que com, o uso correto dessas fontes, seu projeto irá se destacar mais facilmente. Neste pacote estão inclusas as seguintes fontes:



Tamanho do arquivo: 1,03 MB



Disponibilizaremos gratuitamente pra vocês um doodle (esboço) prontinho. O texto pode ser editado e você pode colocar o texto que quiser, além de mensagens adicionais, se preferir. Sugerimos seu uso para ministérios com adolescentes ou jovens e pequenos grupos nessa faixa etária.

Para baixar o arquivo, é necessário que você possua Adobe Photoshop (CS3+) ou GIMP instalado em seu computador. Estão inclusos no arquivo:
  • A fonte utiliza na produção da imagem
  • A imagem de fundo
Tamanho do arquivo: 3,1 MB

author
Lucas Dantas
Baiano, 19 anos, líder de adolescentes na Uniadol. Estudante de administração apaixonado por design, criatividade e inovação.